CONSPIRAÇÕES

Contestação, Qualidade de Vida e Atitude na WEB

Archive for dezembro \29\UTC 2010

A música em 2010

Posted by Fabricio Pessoa em 29 dezembro, 2010

Pois bem, fim de ano é sempre tempo de retrospectivas. No campo da música não é diferente, mas muitas coisas que aconteceram nesse ano que passou vão do surpreendente ao decepcionante. Conferindo:

– Segundo a Billboard, adivinhe qual o álbum mais vendido nos EUA em 2010? (…tempo…) Muito bem, provavelmente você errou – a vencedora nesta categoria é ninguém mais, ninguém menos que SUSAN BOYLE! Quem diria…

– Já na relação das canções mais executadas nas rádios americanas este ano, a vencedora foi a Ke$ha. Detalhe: das dez músicas mais executadas, apenas UMA está na categoria rock – a fraquinha “Hey, Soul Sister”, do Train – o que pra mim é uma triste notícia;

– Aliás, analisando as listas dos mais vendidos, ouvidos, e etc., uma constatação fica evidente: 2010 foi um ano dominado pelo pop, e está cada vez mais “teen” (o que também se verifica no Brasil, com grupos como Restart, NX Zero, e daí pra pior). Se somarmos a isso o crescimento do chamado “R&B” nas paradas, a pergunta que fica é:  será que o rock  vai seguir sempre relegado a segundo (ou terceiro, ou quarto…) plano? A resposta pra isso, infelizmente, não parece ser lá muito otimista…

– Mas nem tudo são nuvens cinzas no mundo musical:  Segundo pesquisa feita junto a diversos críticos, o último disco do Arcade Fire foi eleito o segundo melhor do ano, e além disso o excelente grupo de novatos do Mumford & Sons  (da turma do folk pop) foi indicado como uma das melhores revelações;

– No Brasil, muitos apontam como melhor álbum de 2010 o da revelação Tulipa Ruiz. Nunca ouviu? Nem eu…

– E por aqui o ano de 2010 termina tendo, como música brasileira mais executada  no momento, a “Acelera Aê”, de Ivete Sangalo, e na categoria internacional  “The Time (The Dirty Bit)”, do Black Eyed Peas;

E assim chegamos a 2011. Espero que tenhamos novidades de mais qualidade, menos escândalos e – acima de tudo – mais música de verdade, afinal de contas, a esperança é a última que morre…

 

 

 

 

Anúncios

Posted in Sem categoria | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

As faces da ganância – Parte 10 – Wikileaks: herói ou vilão?

Posted by Fabricio Pessoa em 1 dezembro, 2010

(sub-título:  “Os Países tem o direito de ocultar a verdade?”)

 

Certamente o mais instigante caso sobre políticas internacionais hoje em marcha diz respeito ao site Wikileaks, que vem divulgando milhares de documentos referentes a praticas (digamos) escusas, envolvendo os governos de diversos países.

Dentre os documentos divulgados pelo Wikileaks, por exemplo, alguns dizem respeito à divulgação de informações do Exército Americano  que comprovariam práticas de abusos no Afeganistão, enquanto outros descrevem várias ações por ele também efetuados, durante a ocupação do Iraque, entre os anos de 2004 a 2009.

Além destas, a mais recente divulgação do Wikileaks (ocorrida no último domingo) trouxe cerca de 250 mil documentos diplomáticos secretos dos EUA, os quais revelaram segredos da política externa americana, gerando reclamações veementes do governo americano e de outros países.

Dentre todos estes documentos, podemos encontrar indícios de vários atos de desrespeito aos direitos humanos, além de rocedimentos e declarações que afetaram e que poderão afetar várias pessoas em todo o mundo, quiçá negativamente.

E com isso, a grande questão que devemos fazer é a seguinte: Até que ponto os países podem ocultar a verdade que se esconde por trás de suas ações?

O argumento destes países sempre cai na batida (e obscura) desculpa do “segredo de estado”, mas o fato é que o Wikileaks tem comprovado que tais prerrogativas nacionais muitas vezes serviram apenas para mascarar (e muito provavelmente seguirão mascarando) ações violentas, condutas econômicas reprováveis ou estratégias de dominação capazes de prejudicar muitas pessoas em todo o mundo.

Aliás, curiosamente a Secretária de Estado Hillary Clinton declarou, conforme reportagem do AOLNews,  que “algumas pessoas erroneamente aplaudem” a iniciativa do Wikileaks, sob a alegação de que o vazamento de tais informações colocaria em risco pessoas inocentes.

Ora bolas, Sra. Clinton, e por acaso manter tais informações em segredo não prejudicaria outros inocentes???

Além diso, a reportagem mencionada acima mostra que o fundador do Wikileaks Julian Assange encontra-se em paradeiro desconhecido, principalmente por conta das informações de que ele está sendo investigado pelos EUA, e que várias pessoas querem processá-lo e condená-lo por espionagem (o que não acho ser o caso).

Assange, inclusive, está vivendo de forma “não rastrável”, tingindo o cabelo , cancelando aparições públicas e usando apenas dinheiro (e não cartões de crédito ou débito) nas suas compras.

A próxima ação prometida pelo Wikileaks, contudo, promete ser ainda mais bombástica:  segundo informado pelo próprio Assange, serão revelados milhares de documentos internos que comprovariam atos de corrupção por parte de um grande banco americano.

Ao que tudo indica, o Wikileaks está se transformando como um dos maiores estandartes da busca da verdade na internet. A forma com que as informações (através dele divulgadas) são obtidas é mantida em segredo, mas o fato é que estas informações não deixam de ser uma arma importante para frear a ganância que os países ditos “líderes mundiais” têm por mais poder e por informações que poderiam servir para ameaças e agressões de todo o tipo, servindo em última análise em favor da harmonia entre as nações.

Vejamos o que vai acontecer com o (e por conta do) Wikileaks nos próximos meses…

 

 

 

 

 

 

 

 

Posted in CONSPIRA (atualidades) | Etiquetado: , , , , , , , , , , | 3 Comments »

 
%d blogueiros gostam disto: