CONSPIRAÇÕES

Contestação, Qualidade de Vida e Atitude na WEB

Archive for maio \26\UTC 2010

Comentários sobre o final de LOST

Posted by Fabricio Pessoa em 26 maio, 2010

Lost acabou. Longa vida a LOST.

Desde o dia de ontem, milhões de fãs em todo o mundo se tornaram órfãos, após o final daquela que se tornou a mais comentada série em toda a história da televisão. Só que o episódio final aparentemente NÃO responde a todas as questões, e ainda por cima pode deixar a alguns espectadores a sensação de que as principais perguntas pode ter ficado sem resposta. Assim, e para tentar jogar alguma luz sobre o fim de LOST, seguem abaixo algumas considerações sobre a conclusão da trama que talvez ajude nestas discussões.

ATENÇÃO, CONTEM SPOILERS PRA QUEM AINDA NÃO VIU O FINAL DA SÉRIE. Aí estão elas:

– Dentre as várias teorias sobre o que seria a ilha, três me pareceriam ser as mais possíveis: a de ser ela um purgatório, uma nave espacial ou o “espírito da Terra”. Com os últimos EPs, me parece que esta última teoria se provou ser a mais correta.

– Sobre as cenas da tal “realidade alternativa”, o último episódio nos mostra que estas cenas NÃO eram de uma realidade alternativa, mas sim eram um “flash forward espiritual” do Jack. Explico: os eventos que aconteceram na ilha realmente aconteceram (como o próprio pai de Jack falou no EP), e o término da reunião final dos personagens na tal realidade alternativa (com o pai de JAck abrindo as portas para a luz) demonstra claramente que aqueles eventos faziam parte de um “caminho final” que Jack tinha que percorrer para seguir com sua existência em outra vida.

– Ainda sobre essas cenas “espirituais”, segundo o espiritismo e o budismo existe um período pós-morte em que o falecido ajustaria as questões de sua vida passada, para que então pudesse seguir em sua caminhada pelas próximas existências. Isso ficou muito claro nestas cenas da (até aqui) realidade alternativa, e assim elas mostram que Jack morreu em paz.

– Por outro lado, e ao contrário do que alguns sites tem afirmado categoricamente, devemos entender duas possibildades para os personagens que aparecem nessa realidade alternativa: ou eles NÃO SÃO reais, sendo apenas manifestações da própria consciência de Jack em seu estado pós-morte, ou eles SERIAM reais, e se encontrariam portanto num momento muito posterior à morte de Jack. Cabe a cada um escolher a teoria que achar melhor (eu ficcaria com a primeira, mais lógica à luz das teorias de religiões, mas devido aos flashes que cada personagem teve sou obrigado a ficar com a segunda).

– Ficou claro, nos últimos EPs, que o piloto Lapidus só sobreviveu pra conduzir o avião, o que pra mim foi o ponto mais fraco deste final.

– No especial que a AXN exibiu antes do EP final, o Michael “Ben Linus”  Emerson fez uma observação que merece ser verificada: a de que seu personagem provavelmente foi o mais ESPANCADO na história da TV. Acho bem provável que tenha sido mesmo…

– As principais questões que ficaram em aberto foram o reencontro de Desmond com Penny (que pra mim fizeram a mais bonita história de amor da série), o destino de Michael e Walt e o que ocorrerá com os sobreviventes. Bem, devemos ter estas respostas, sim, na série completa que sairá em DVD e Blu-ray em agosto (marketing, marketing, marketing…).

– A frase mais bonita do último EP, e que pra mim é a mais forte de toda a série, é dita justamente pelo pai do Jack: “Ninguém morre sozinho”…

– Enfim, olhando pra série como um todo, fica claro que LOST é a história da busca de Jack por paz, por redenção, e nesse trajeto ele se tornou o herói clássico mitológico, sempre salvando a inúmeras pessoas sem buscar glórias ou reconhecimento. E essa gratidão de todos por ele é o que assegurará a ele a paz que tanto procura.

A propósito, pra quem quer vier os finais alternativos de Lost, bem, seguem abaixo algumas versões, ahn, não oficiais… rsrsrs…

Pra finalizar, duas coisas:

– Vi uma ótima ontem no Facebook: Relacionamentos são como assistir LOST: começam com muitas perguntas, e acabam sem resposta nenhuma…rsrsrs…

– Pra quem quer assistir à íntegra do show do Jimmy Knievel com o elenco de LOST, feita antes da exibição do EP final, digite no Youtube: Jimmy Kimmel “Aloha to Lost Special – FULL” e veja-os na ordem. A propósito, num momento deste show o Nestor “Richard Alpert” Carbonell esclarece um dos grandes mistérios de LOST: ele NÃO usa delineador!!!

Enfim, LOST ainda dará o que falar por algum tempo, mas o que ficará pra sempre é o carinho e a curiosidade de tantos fãs deste que pode ser considerado um divisor de águas na forma de se fazer uma série de TV…

Anúncios

Posted in CONSPIRA (atualidades) | Etiquetado: , , , , , , , , | 43 Comments »

Do baú: The Sundays – Here’s Where The Story Ends

Posted by Fabricio Pessoa em 24 maio, 2010

Em termos de música, o final da década de 80 foi um dos mais fantásticos períodos já vistos. New Order, U2 e Depeche Mode consolidavam-se na Inglaterra, a house music explodia nas pistas de dança de todo o mundo e o rock alternativo se solidificava como nova tendência, principalmente a partir de Manchester, na Inglaterra, e Seattle, nos EUA.

Mas uma das mais espetaculares bandas desse período praticamente passou desconhecida no Brasil. Estou falando da banda inglesa The Sundays, que com sua mistura de folclore inglês e baladas pop cativou milhões de fãs em todo o mundo.

O vídeo abaixo é do primeiro sucesso deles, “Here’s Where The Story Ends”, que é pra mim uma daquelas músicas que captam com perfeição o espírito da Inglaterra. Ouça até o fim, curta o delicioso refrão, e se puder procure  na internet mais informações sobre essa grande banda…

Posted in PIRAÇÕES (entretenimento) | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Para pensar…

Posted by Fabricio Pessoa em 21 maio, 2010

“Uma mentira dá uma volta inteira ao mundo antes mesmo de a verdade sequer conseguir se vestir …”

                                                                           (Winston Churchill)

 

Posted in PIRAÇÕES (entretenimento) | Etiquetado: , , , | 1 Comment »

Dica da semana: Orquestra Contemporânea de Olinda

Posted by Fabricio Pessoa em 18 maio, 2010

Ganhei do meu grande amigo Rodrigo, de Recife, um CD da OCO, e gostei tanto que resolvi colocar como Dica da Semana aqui.

Essa Orquestra – pasmem! – é tão boa que ganhou um Grammy Latino e NINGUEM aqui no Brasil se deu ao trabalho de noticiar!

É uma pena que os nossos próprios veículos de mídia não divulguem as coisas boas de nossa terra… mas ainda assim a gente procura compensar, e divulga, rsrsrs…

Segue abaixo um vídeo deles. Espero que curta:

Posted in Sem categoria | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Se o Morumbi não for Sede em 2014, vou torcer contra o Brasil nesta Copa!!!

Posted by Fabricio Pessoa em 18 maio, 2010

Desde já, peço desculpas pelo desabafo abaixo.

Como muitos sabem, sou São-Paulino e gosto de ver quando o futebol se sobrepõe às roubalheiras e politicagens que frenquentemente rondam os times e o verdadeiro espírito esportivo neste país.

Foram por estes mesmos motivos, inclusive, que passei a ter esperanças de que o Morumbi se tornasse uma das sedes da Copa de 2014 (que será no Brasil), o que seria algo até lógico se pensássemos nas condições de que o estádio tricolor já dispõe, que lhe colocariam como a melhor opção de estádio dentre as atualmente existentes na capital paulista.

O problema é que a presidência do São Paulo está em queda de braço com forças políticas muito poderosas, que são a CBF (cujo presidente Ricardo Teixeira é desafeto político do Juvenal Juvêncio, principalmente depois deste último ter saído e vencido a chapa ganhadora do Clube dos 13, que se opõe à própria CBF), a Federação Paulista de Futebol (que não se dá com o SPFC desde a suspeita de corrupção ano passado, por causa de uns certos ingressos para um show…) e a própria FIFA (que começa a dificultar as coisas pro São Paulo por pressão do mesmo Ricardo Teixeira), sem contar em outros interessados, como é o caso do time do Corinthians, que espera que se decida pela construção de um estádio público para que depois possa arrendá-lo, no que tem apoio do Presidente Lula e de seu filho Lulinha, o qual inclusive trabalha no time do Parque São Jorge.

Pra deixar a situação mais clara, transcrevo o que o Marcello Lima escreveu em seu excelente blog:

” O São Paulo correu contra o tempo e a GMP fez o projeto definitivo com todas as exigências feitas pela FIFA. O novo projeto acabou encarecendo a obra, que no inicio era estimada em 200 milhões de reais, passou para 300 milhões e finalmente chegou ao valor atual de 400 milhões. Além da linha de crédito aberta pelo BNDES o São Paulo busca recursos na iniciativa privada para reformar o estádio, já que por ser particular não terá aporte de dinheiro publico de qualquer esfera governamental. Mas o BNDES e as empresas procuradas pelo clube só iriam investir no estádio ou emprestar o dinheiro (no caso do banco) se projeto apresentado pelo clube fosse aprovado pela FIFA. Ai entra a jogada de mestre de Ricardo Teixeira, seu xeque ao Morumbi e seus desafetos do São Paulo. 

O projeto foi oficialmente aprovado pela FIFA e pelo comitê Local, fato comemorado pelos São Paulinos.

 Mas a principal notícia não era esta e sim a de que a sede aprovada tem o prazo de 30 dias para mostrarem todas as garantias financeiras  e o cronograma das obras relativas à Copa de 2014. Nenhum problema em relação à cidade de São Paulo e as sedes onde será usado o dinheiro Publico tanto nas  obras de infra-estruturar e mobilidade quanto nos estádios que serão construídos ou reformados pelos governos. Mas prazo curtíssimo para o São Paulo, que além do empréstimo do BNDES terá que apresentar todos os parceiros privados dispostos a investir nas reformas do Morumbi. O clube já conversa há um bom tempo com várias empresas, já acertou com algumas, mas ainda está longe de atingir o valor necessário para completar as reformas do estádio. Caso o clube não consiga apresentar tais garantias verá o Morumbi ficar longe da Copa no Brasil. Ricardo Teixeira e seus aliados já comemoram o golpe, considerado fatal, nas pretensões do São Paulo e principalmente de Juvenal Juvêncio, para ter o estádio do Morumbi na Copa. Juvenal Juvêncio jogou todo seu prestigio no projeto do Morumbi, apostou todas as suas fichas, peitou poderosos, ganhou desafetos.

Virou questão de honra para o dirigente São Paulino confirmar o estádio como sede da cidade de São Paulo na Copa de 2014.

 A ampulheta foi virada e o São Paulo corre contra o tempo, sabe que a missão é quase impossível, muitos conselheiros e diretores já jogaram a toalha e acham besteira o São Paulo continuar nesta aventura. 

Na CBF e até mesmo na FIFA, o Morumbi já subiu no telhado e começam a pensar na construção de um novo estádio na cidade, no tão falado terreno de Pirituba.”

Particularmente, acho um ABSURDO, UMA VERGONHA E UMA POLITICAGEM CANALHA o que a CBF e a FIFA estão fazendo com o São Paulo, único time que teve a CORAGEM de buscar recursos privados e de não depender de dinheiro público para efetuar as melhorias necessárias em seu estádio.

Estipular apenas 30 dias para que se comprove o levantamento de 400 milhões sem investimentos públicos diretos é uma atitude nitidamente espúria e impossível de ser feita. E é por isso mesmo que decidi que, se São Paulo não for uma das Cidades Sede para a Copa de 2014 por causa disso, NÃO VOU TORCER PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA, e vou fazer ampla divulgação para que outros tambem não torçam, como forma de protesto e de pressão para que a CBF volte atrás em sua conduta e reconheça que o Morumbi é, de fato, a opção mais lógica para ser Sede em 2014.

Por conta de minhas convicções, acredito que a decisão de uma única pessoa pode provocar uma grande mudança na sociedade. E é por isso que estou tomando esta atitude. Espero francamente que a mensagem seja espalhada, e que o caminho da conduta ética se sobreponha à politicagem e à corrupção. Vamos esperar pra ver o que acontece…

Posted in CONSPIRA (atualidades) | Leave a Comment »

O que é “ser romântico”?

Posted by Fabricio Pessoa em 15 maio, 2010

Já ouvi teorias as mais diferentes (e mesmo malucas) sobre o amor, e mais exatamente sobre o que significa ser uma pessoa (digamos) romântica. Digo isso principalmente por conta das inúmeras queixas de pessoas sobre as (igualmente inúmeras) frustrações que carregam em suas vidas por conta de amores mal resolvidos, mentiras desvendadas, feridas não curadas e outros “temas” semelhantes. E o mais curioso disso é que estas queixas não apenas partem de mulheres, mas de homens tambem, o que nos força a perguntar: ora bolas, mas o que está errado afinal?

Acredito que esta questão passa necessariamente pelo conceito do que seria uma “pessoa romântica” hoje em dia. E pra isso acho que, antes de qualquer coisa, temos de reconhecer que a internet, a correria (cada vez maior) do dia a dia e as ambições crescentes dos habitantes de um mundo (tambem cada vez mais) capitalista e carente de legítimos valores humanos fez com que o amor fosse relegado a um plano quase que secundário, relegado ao posto de mero conforto ou ponto de descanso para a alma.

Mas ainda existem pessoas que não se deixam atingir por isso. Estes são, pra mim, os verdadeiros românticos.

Estes são pessoas que buscam se completar, e mesmo depois disso buscam um sentimento maior, e às vezes tão maior que nem mesmo elas sabem explicar.

São pessoas que em seu interior buscam uma maravilhosa leveza, mesmo tendo consciência de seus sofrimentos, e do quanto é difícil quebrar as correntes do passado.

São pessoas que conhecem e sabem verdadeiramente respirar os três tipos de amor – o ágape, o philos e o eros – e ainda assim buscam uma perfeição nisso tudo que nem mesmos eles sabem descrever, mas que tentariam identificar como sendo algo “quase inalcançável” e que, mesmo assim, buscam frenética e prazeirosamente este “quase”, o qual (por mais efêmero ou frágil que possa parecer) irá na verdade representar a maior conquista de suas vidas.

Mas ainda – e talvez principalmente – sabem eles que nada disso faz sentido sem que se celebre a vida perante tudo e todos, e que a melhor – senão única – forma de demonstrar e compartilhar isto é através do exercício da gratidão.

Enfim, em resumo: ser romântico, acima de tudo, é ter gratidão. É sonhar com dias melhores. E é lutar para que eles aconteçam…

Posted in AÇÕES (qualidade de vida) | Etiquetado: , , , , , , , | 4 Comments »

Copa 2010 – A seleção brasileira que REALMENTE poderia dar show…

Posted by Fabricio Pessoa em 15 maio, 2010

O Dunga e a quase totalidade dos comentaristas esportivos não manjam nada de futebol!!! A VERDADEIRA seleção brasileira que iria dar um autêntico show na Copa de 2010 deveria ter o seguinte time titular: Picasso, George Lucas, Élvis e Fagner; Magal, Roberto Carlos, Lennon, César Romero e Creedence; na frente, Fábio Júnior e Allan Delon !!!

Dariam show ou não, hein? E o pior é que todos eles aí jogam (ou jogaram) futebol no Brasil!!!

Por exemplo, George Lucas é lateral no Santos, Fagner é lateral no Vasco, Lennon é meia no Flamengo desde 2009, e Creedence atuou no Guarani em 2002.

Enfim, acho que com ESSA seleção eu iria, digamos, me ENTRETER muito mais vendo a Copa. TURUM-TSSSS !!!

😛

Posted in PIRAÇÕES (entretenimento) | Etiquetado: , , , , , , | Leave a Comment »

A (duvidosa) sabedoria dos ditados

Posted by Fabricio Pessoa em 7 maio, 2010

Chega a ser quase engraçado quando um ou outro ditado ou citação se torna um ‘hit’ na internet, passando a ser utilizado com uma frequência maior em e-mails ou sites mundo afora, em uma determinada época.

No mês de abril de 2010 me chamou a atenção uma citação (que alguns atribuem a Confúcio, mas que eu não tenho certeza se foi ele mesmo quem disse…) que nos diz o seguinte: “faça o que você ama, e você não terá que trabalhar um único dia na sua vida”.

Achou profundo? Gostou?

Pois perceba que esta é uma frase com conteúdo profundamente egoísta, quanto mais nos dias de hoje.

Olhe bem à sua volta e responda: quantas pessoas REALMENTE tem a possibilidade de fazer o que ama?

Quantas dedicam anos (e algumas até sua vida inteira, como eu mesmo já vi acontecer) lutando e buscando essa felicidade no trabalho, e não conseguiram (por motivos os mais diversos, é claro) alcançar este “maravilhoso” objetivo?

E pior ainda: quantas destas pessoas não podem “fazer o que ama” porque não são favorecidas financeiramente, nem nasceram em berço explêndido, ou são fruto de eras de exclusão social, violência, incompreensão ou indiferença? Quantas delas se veem obrigadas a trabalhar em formas bastante distantes das que gostariam, não para viver mas apenas para sobreviver? E quantas delas simplesmente não conseguiram fazer o que amam por causa do peso de responsabilidades que carregam (e que as impede de lutar como gostariam), ou por não quererem ser egoístas demais, ou mesmo porque apenas não tiveram base para aprender a crescer e hoje se sentem perdidas? 

Como budista que sou, entendo claramente que cada pessoa tem a sua própria história pra transformar, mas o fato é que a citação em questão parte de um ponto de vista que é simplista demais para um assunto tão delicado.

Particularmente, eu tenho a nítida impressão que o Confúcio (ou o autor desta frase) NÃO falaria uma frase dessas hoje em dia, que inclusive é outro importante exemplo do quanto a gente precisa analisar com MUITA atenção e ponderação as citações e provérbios que lemos ou ouvimos por aí.

E já que o assunto são citações (e tambem como uma saudável provacação conspiratória), segue aí uma frase muito boa do criador do Dilbert, Scott Adams, pra pensar:

“Nenhum trabalho é bom, pois se fosse realmente bom você faria de graça…”

Haha!

Posted in AÇÕES (qualidade de vida) | 2 Comments »

 
%d blogueiros gostam disto: