CONSPIRAÇÕES

Contestação, Qualidade de Vida e Atitude na WEB

Archive for fevereiro \25\UTC 2010

A teoria do “Socialismo Ambiental”

Posted by Fabricio Pessoa em 25 fevereiro, 2010

Certamente um dos principais paradoxos que vivemos hoje diz respeito ao conflito entre o desenvolvimento econômico e a preservação ambiental. Equacionar estes dois fatores parece ser, cada vez mais, a tônica das discussões sobre o futuro do planeta, principalmente por conta da necessidade – nunca antes vista em nossa história ! – de que possamos ajustar a necessidade dos países de prosseguir com o desenvolvimento de suas economias com os limitados recursos naturais de que o planeta dispõe.

Como decorrência deste processo, nos últimos anos temos visto uma crescente demanda social pela adoção de mecanismos de controle mais eficazes da atividade produtiva global, o que se verifica não apenas na relação direta da sociedade com as corporações (com especial atenção, aqui, aos consumidores e às organizações não governamentais), mas tambem pela própria maior preocupação que vem sendo demonstrada pelos Governos em geral, os quais,, por meio de seus órgãos públicos tem tambem pressionado empresas e empreendedores a melhor gerir suas respectivas fontes de matéria-prima e suas emissões de poluentes, o que está – ainda que de forma insuficientemente tímida, por enquanto – forçando estes últimos a adotarem posturas ecologicamente mais transparentes e políticas de gestão ambiental mais rígidas, atitude esta que, até, tem contado com a parcial conivência das empresas, as quais com estas atitudes pretendem na verdade ‘agradar’ seus consumidores, os governos e a população em geral.

A questão é: isto não está sendo suficiente.

O fracasso de Copenhagen e a velocidade ridiculamente lenta com que os compromissos plurinacionais de controle de poluentes tem sido firmados – os quais apesar de serem celebrados por governos na verdade atendem aos interesses destas mesmas corporações – estão fazendo com que um outro tipo de necessidade surja: a necessidade de que mecanismos mais firmes de controle possam ser impostos não apenas perante estas corporações mas tambem perante seus gestores. Ou seja: uma nova forma de controle da sociedade está começando a se mostrar necessária que é o que chamo de “socialismo ambiental”.

O Socialismo Ambiental é a forma de compartilhamento do poder e das informações, dentro de uma sociedade politicamente organizada, que tem por finalidade condicionar o lucro e os benefícios obtidos pelas corporações aos interesses sociais, em relação tanto às informações que envolvem as atividades industriais quanto às relações que tais atividades tenham ou possam vir a ter com os impactos ambientais decorrentes de suas operações.

Em última análise, o Socialismo Ambiental busca, através da disponibilização pública de informações, equilibrar os custos, lucros e dividendos das grandes empresas com as necessidades ambientais da sociedade, de forma a que os valores decorrentes da atividade industrial possam ser conhecidos e avaliados pela sociedade como um todo, permitindo assim uma reflexão mais adequada sobre a forma com que as atividades empresarias (e, por consequência, os lucros decorrentes destas atividades) vem beneficiando a sociedade.

Através da disponibilização destas informações, inclusive, a sociedade poderá verificar, por exemplo, se as empresas estão efetuando distribuições de lucros exagerados a seus diretores e acionistas, provisionando inadequadamente fundos para atividades degradadoras ou direcionando o resultado de suas atividades ecologicamente relevantes a título de fundo perdido. Trata-se, assim, de condicionar a atividade industrial aos anseios sociais, com base nas necessidades ambientais não apenas de um país, mas do planeta como um todo.

Estas são, enfim, apenas algumas linhas a respeito deste novo e muito delicado tema. Espero que a idéia do Socialismo Ambiental seja divulgada e defendida, não apenas como instrumento de controle da atividade social, mas sobretudo como uma ferramenta democrática de justiça social, o que certamente contribuirá para a manutenção de um planeta mais equilibrado, tanto ambientalmente quanto socialmente.

Anúncios

Posted in CONSPIRA (atualidades) | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: